Fixo
WhatsApp
11
11
3042.3036
965.427.184
Celular
11
965.427.184



Boa tarde!
Voltar ao Topo
Mais Informações

Como Vetorizar & como Rasterizar

Transformar Bitmap em Vetor & Transformar Vetor em Bitmap

Como Rasterizar Imagens

Como transformar uma Imagem Vetorizada em Imagem Bitmap

Chamamos de rasterização ao processo de transformação de uma imagem vetorial em uma imagem bitmap, também conhecida como raster. Nesse caso, teremos uma imagem rasterizada.

Em geral, isso é possível importando imagens, originalmente vetoriais, em programas que trabalham com imagens bitmap.

O Photoshop permite esse processo e, provavelmente, você utilizará muitas vezes, como, por exemplo, para apresentar logotipos (usualmente concebidos como vetor) em páginas de internet, como imagem jpg, gif ou png.

Os programas que trabalham com vetores, como o CorelDRAW, o InDesign e o Illustrator, também costumam permitir a exportação para bitmap.

Resumindo, esse processo é bastante simples. No Photoshop, comandamos Imagem > Rasterizar (ou semelhante) e nos aplicativos vetoriais comandamos Arquivo > Exportar (ao invés de Salvar).

Imagem Vetorial Rasterizada

Exemplo de Imagem Rasterizada

a imagem é uma estilização em linha de um hashi, concebida no Illustrator e, posteriormente, rasterizada, ou seja, transformada em imagem bitmap. Aqui, apresentada no formato png.

Imagem vetorizada - estilizada

Como passar de Bitmap para Vetor

Como Vetorizar Imagens

Existem aplicativos, como o Vector Magic e o Magnigraph, que vetorizam automaticamente uma imagem bitmap, transformando-a em vetor por um processo conhecido como auto-tracing. Funciona bem, em especial para elementos com contornos bem definidos.

Como Vetorizar de modo Profissional

Designers, no entanto, trabalham mais com o que chamamos de vetorização manual. Como que decalcando um desenho (quando você coloca uma transparência sobre a imagem original e desenha uma nova) e utilizando ferramentas adequadas de programas como o Illustrator ou o CorelDRAW, obtém-se imagens vetorizadas mais perfeitas e detalhadas. Com esse processo, você pode tanto obter uma ilustração realista (onde imagem vetorizada e imagem bitmap parecem idênticas), ou uma simplificação (ilustração estilizada), como o morango da figura.

Uma tarefa comum para designers, é a vetorização de logos antigos, cuja digitalização produziu um bitmap. Transformando o logo antigo em vetor, temos a possibilidade de redimensiná-lo, sempre com perfeição, além de poder aplicá-lo nos mais diversos materiais. Claro, recomenda-se que logos novos sejam concebidos com programas vetoriais.

Vetor por Observação

Designers também costumam desenhar a partir da observação de um objeto real. Esse desenho pode ser feito com lápis e papel e depois escaneado e vetorizado (Illustrator ou CorelDRAW) ou feito diretamente dentro do Illustrator ou CorelDRAW, opcionalmente, com o auxílio de uma Tablet Gráfica (pequena mesa digitalizadora).

Exemplo de Ilustração Vetorial por Observação

Vetor obitdo por observação

Lápis desenhado no InDesign com a ferramenta Pen (caneta) - sem uso de uma Tablet Gráfica.

Veja também: