Fixo
WhatsApp
11
11
3042.3036
946.432.520






Bom dia!
Voltar ao Topo
Mais Informações

Tudo sobre Portfólio

o que é pasta-portfólio

Ou será portfolio, ou portifólio, ou porta-fólio?

Aqui você vai saber...
  • como escrever portfólio, portifólio, porta-fólio ou portfolio (sem acento)
  • o que é um portfólio
  • como fazer um portfólio
  • o que é o One Page Folio

Portfolio, portfólio, portifólio, ou porta-fólio?

Origem da palavra portfólio

Do mesmo modo que um administrador de empresas apresenta um currículo para se candidatar a um emprego, um designer deverá, além do currículo, apresentar uma coletânea dos seus melhores trabalhos. Em se tratando de um designer gráfico, por exemplo, seus trabalhos serão impressos, em geral, em papel, e possuem um certo tamanho - ocupam espaço.

Assim, se faz necessário o uso de uma pasta para arquivar, transportar e apresentar a tal coletânea. Já temos um nome: pasta. Mas pasta ainda parece ser muito genérico...

Traduzindo pasta para o inglês, entre várias opções, encontraremos portfolio. Os americanos, por exemplo, usam o o termo portfolio para se referirem a esse tipo de pasta que descrevemos. Como no meio do design e da publicidade, se usa muito anglicismo, a começar pelo termo design (que hoje já consta do Dicionário Aurélio), claro, portfolio parece ser o mais adequado. A questão agora, é como escrever...

Como se escreve, portfolio, portfólio, portifólio, ou porta-fólio?

Teoricamente, ao optarmos por portfolio, deveríamos escrever em itálico, portfolio, ou entre aspas, "portfolio". É o que rege a Norma Culta da Língua Portuguesa, quando usamos palavras estrangeiras. Por outro lado, não é dessa forma que temos visto nos jornais, revistas e páginas de Internet, nesse mundo globalizado.

Temos visto, também, o termo portifólio. No entanto, soa como "adevogado" (erro comum, quando o correto é advogado). Portanto, vamos descartar portifólio.

O Dicionário Aurélio, incluiu o termo portfólio, com acento (paroxítona terminada em ditongo oral), mas com t mudo. E aponta como significado, porta-fólio. Este último talvez fosse o verdadeiro nome deste objeto, na língua portuguesa.

Porém, do mesmo modo que, no Brasil, não usamos rato, para nos referirmos ao mouse (que também já consta do Dicionário Aurélio), porta-fólio soa realmente esquisito no meio do design, apesar de correto.

Como se escreve, portfolio, portfólio, portifólio, ou porta-fólio?

Dicionário Aurélio
portfólio
[Do ingl. portfolio, alter. do it. portafoglio.]
Substantivo masculino.
1.V. porta-fólio.

Resumindo, adotamos na CiaByte Design o termo portfólio, atendendo aos costumes do meio (anglicismo), e à regra de acentuação, além de estar presente, desta forma, no Dicionário Aurélio. Portanto, PORTFÓLIO.

O que é um Portfólio?

O que é um Portfólio Profissional

O sentido é amplo. Um corretor de imóveis, por exemplo, pode apresentar ao seu cliente um portfólio de imóveis.

Na área gráfica, o portfólio é uma pasta que deve conter uma coleção dos melhores trabalhos do designer, e objetiva que ele possa apresentá-los a prospects (possíveis clientes) ou mesmo a empregadores. Vale incluir trabalhos publicados, como capas de revistas, anúncios, etc.

Mesmo que você seja um Web Designer, é possível imprimir partes das páginas de Internet (detalhes) e dispor os impressos em seu portfólio. Não esquecendo que está cada vez mais comum a apresentação de portfólios eletrônicos - ePortfólio.

Considere investir nos dois formatos

  • Portfólio tradicional - impresso
  • Portfólio Eletrônico - ePortfolio

Portfólio Particular & Portfólio Profissional

Um portfólio deve ser dinâmico e não deixa de ser uma forma de auto-avaliação onde o designer poderá ter a real percepção da sua própria evolução.

Assim, propomos que você produza, no mínimo, dois portfólios:

Portfólio Particular & Portfólio Profissional

Portfólio Particular

Um portfólio contínuo, contendo todos os seus trabalhos em ordem cronológica, desde a sua 1ª formação. Essa pode ser uma experiência bem interessante, pois a sensação que você terá ao comparar seus primeiros trabalhos com os mais recentes poderá ser muito parecida daquela de quando você assiste a um filme de ficção científica produzido 20 anos antes...

Portfólio Profissional

Também dinâmico, porém, contendo uma coletânea atualizada dos seus melhores trabalhos. O portfólio poderá conter seus trabalhos em diversas mídias, como folhas em pastas, livros, CDs, bonecos*, ou mesmo originais de revistas ou jornais, quando publicados.

* Boneco: termo usado para uma peça produzida artezanalmente, antes de que seja produzida em larga escala. O objetivo é que antes de ter o produto final, o cliente possa ter contato (ver, tocar, sentir, ...) com uma peça que seja mais próxima possível do que será a verdadeira. Tamanho, papel, gramatura, recortes, inclusive 3D, quando necessário.

Como fazer um Portfólio

Segue uma proposta que, esperamos, contribua para a criação do seu portfólio. Tomaremos como exemplo de profissional um Designer Gráfico.

1. Conteúdo

Para início de conversa, você precisará de conteúdo. Junte todos os trabalhos que fez. Se forem muitos, já comece separando os melhores. Novato? Não tem nada para expor? Clientes para você trabalhar de graça não faltam. Então, mãos à obra! Acredite, você vai aprender muito com eles.

2. Organização

Classifique seus trabalhos (caso tenha volume para tal). Logos, Capas de livros, Papelaria, Sinalização, etc. Caso não tenha tantos trabalhos, exponha os que tiver. Se forem muito poucos, está na hora de trabalhar, de graça...

3. Pesquisa

Faça uma pesquisa com o público alvo (de cada trabalho). Se for um trabalho de sinalização para uma academia de ginástica, quem deverá compreender os símbolos? Professores ou alunos. Diria ambos, mas pesquisaria com alunos, tendo em vista que os professores certamente saberão onde encontrar o que procuram. Atenção! Se você tiver que explicar a placa de sinalização, não vale. Ela tem que comunicar por si só... Aqui, você poderá criar um critério de pontuação para a pesquisa. O pesquisado entendeu ou não a mensagem? Ele poderia dar uma nota, de 1 a 5, por exemplo. Se ofereceu mais de uma opção para uma mesma sinalização, qual o entrevistado escolheria?

4. Exposição

Selecione os melhores trabalhos, baseando-se na pesquisa. Afinal, podem não ser aqueles que você e a sua mãe gostam mais. Aproveite a ocasião, da pesquisa, para anotar o que você pode melhorar em cada trabalho. E faça isso sempre: edite seus trabalhos! A preguiça é inimiga número um do designer. Numa pasta portfólio, cujo tamanho dependerá do seu material (você adquire em lojas especializadas), exponha seus trabalhos (ordenados por categoria, caso os tenha classificado) e surpreendendo logo de cara. Como? Empilhe seus trabalhos por ordem de votos (resultados da sua pesquisa), do que tiver menos votos para o melhor. Agora, pegue o mais votado (que seria o último) e coloque em primeiro lugar. Pronto, exponha nesta ordem. Não deve ser necessário lembrar que papel cartão preto, branco ou cinza (ou outro, dependendo do trabalho) como fundo, valorizam seus trabalhos.

5. Identificação

Certamente, na capa dessa pasta-portfólio você encontrará um espaço para colocar seu nome e alguns dados de contato. Talvez, seu cartão de visitas. Caso não encontre tal espaço, crie um para identificar a propriedade do portfólio. Considere fazer uma apresentação pessoal em uma das páginas do portfólio (sugerimos que seja a última), mostrando o seu "melhor retrato". Se tem curso superior ou na área (e este acrescentar no seu conceito), cite. Caso contrário, seus trabalhos poderão representar melhor. Diga, resumidamente, o que sabe fazer e, claro, disponibilize todas as formas de contato.

One Page Folio

Uma última recomendação. Para portfólio eletrônico, considere o Porfólio de Uma Página. Saiba mais, clicando aqui.