Fixo
WhatsApp
11
11
3042.3036
946.432.520






Boa tarde!
Voltar ao Topo
Mais Informações
Como fazer um vídeo-currículo

Como fazer um Videocurrículo

Videocurrículo, vídeocurrículo, vídeo-currículo ou vídeo currículo...
Antes de tudo, como se escreve?

De acordo com a Nova Ortografia, o correto é videocurrículo sem acento em vídeo e com acento em currículo.

Aprenda o que é um videocurrículo e como fazer o seu videocurrículo com este artigo de acesso grátis, parte integrante dos cursos profissionalizantes da CiaByte.

Videocurrículo

Videocurrículo não é apenas uma moda, mas uma ferramenta inovadora para avaliar candidatos, que veio para ficar!

O que é um videocurriculo

O que é um videocurrículo?

Enquanto alguns discutem se um currículo deve ou não conter a fotografia do candidato, o videocurrículo vem se tornando cada vez mais comum.

Videocurrículo (vídeo-currículo) é uma gravação em vídeo onde o candidato se apresenta contando sobre suas experiências profissionais e sua formação, entre outros itens que apresenta no currículo tradicional, sem, no entanto, substituir esse último. Desse modo, os dois, videocurrículo e currículo tradicional, se complementam.

Ao recrutador, permite uma análise mais abrangente do candidato, como raciocínio lógico, comunicação e marketing pessoal.

Como fazer um Videocurrículo

Como fazer um Videocurrículo

Você não precisará contratar uma produtora de vídeo, tampouco precisará fazer um curso de design multimídia, salvo o cargo pretendido seja de presidente de uma multinacional ou nessa área específica (produção de vídeos, publicidade e afins).

Com um smartphone de boa qualidade e seguindo as dicas a seguir, já é possível fazer um videocurrículo que dê resultados. Portanto, pense no conteúdo, cuja missão será mostrar ao recrutador quem você é, como pensa, que postura tem diante problemas e, principalmente, como você poderá resolver determinada demanda da empresa alvo, de preferência, tudo isso em menos de três minutos.

Dicas para um Videocurrículo Campeão

Dicas para um Videocurrículo Campeão

1ª Dica: Pesquise!

Pesquise no mercado e na empresa alvo (edital, artigos, publicidade, amigos, ...) o que é requerido para o cargo pretendido. Se possível, descubra as principais dificuldades da empresa e procure mostrar você como solução. Para isso, busque referências na Internet, assistindo videocurrículos de outros candidatos, mesmo que de outras áreas. Quanto mais pesquisar, mais ideias surgirão, naturalmente.
Clique aqui para visualizar um exemplo de videocurrículo de dois minutos como solução para o cargo de jornalista.

2ª Dica: Planeje!

Planeje um roteiro dedicado ao alvo, ou seja, direcionado ao cargo e empresa pretendidos. Faça um roteiro criativo do que vai falar, pense no local onde fará a gravação, no que vai aparecer ao fundo (2º plano). Um empreiteiro pode, por exemplo, gravar próximo a uma obra em andamento. Já um engenheiro agrônomo pode gravar próximo a uma plantação de soja (isso pode aumentar a credibilidade do seu vídeo). Pense na qualidade do som, nem sempre é possível gravar em ambientes abertos (planeje o horário em que vai gravar). Faça testes!
Clique aqui para visualizar um exemplo de videocurrículo com 2º plano planejado para o cargo de engenheiro.

3ª Dica: Produza-se!

Decidido local, 2º plano, horário de gravação, pense na produção. Aspectos técnicos, como smartphone ou câmera (você também pode contratar um profissional ou convocar um amigo), tripé para fixar a câmera, e aspectos pessoais, como sua aparência, cabelos, vestimentas, postura, entre outros.
Clique aqui para visualizar um exemplo de videocurrículo produzido para o cargo de comissária de vôo.

4ª Dica: Grave, regrave!

Você já deve ter planejado o roteiro e o conteúdo básico do que vai falar, como seu nome, formação, experiência e contatos. Lembre-se de citar dois ou três momentos importantes e dois ou três aprendizados da sua vida profissional, pois são perguntas tradicionais feitas por recrutadores. Comece gravando uma versão de teste com no máximo cinco minutos de duração. Assista para ver onde pode reduzir até chegar a um ou dois minutos de vídeo. Importante não exagerar na auto-avaliação, mas aceitar críticas dos amigos, sem se ofender. Ao gravar, use o português correto, olhando na lente (olhos do recrutador).
Regrave, até obter o seu melhor resultado.

5ª Dica: Edite (ou não)!

Para finalizar, você poderá utilizar programas gratuitos de edição de vídeos obtidos na Internet, mas também poderá não editar, tendo em vista que sua gravação deverá ter em torno de dois minutos (procure não ultrapassar os três minutos).
Selecionamos dois vídeos que prometem bons retornos, sendo um com grande investimento na produção do vídeo e outro com produção extremamente simples, sem efeitos especiais, mas tão eficiente quanto o primeiro:
a) Clique aqui para visualizar um exemplo de videocurrículo com produção sofisticada.
b) Clique aqui para visualizar um exemplo de videocurrículo com produção simples.