Telefone da CiaByte
Fixo
WhatsApp
11
11
3042.3036
946.432.520
Tim
Oi
11
11
984.076.767
946.432.520
Vivo
Claro
11
11
972.801.072
988.049.999
Bom dia!
Voltar ao Topo
Mais Informações

Como Criar Pastas no Windows Explorer

Estrutura de Pastas - Saiba como Criar, Organizar, Encontrar e Apagar Pastas

Apostila Digital Grátis, parte integrante do Curso de Informática Online (não gratuito).
Se você ainda não é nosso aluno, recomendamos nossos cursos interativos online, com aulas práticas, objetivas, de fácil entendimento, com suporte e orientação de professores, e certificado válido.

Pastas no Windows Explorer

1.0.Estrutura de Pastas

Se você é daquelas pessoas que ainda se perde com pastas e arquivos no Windows, a apresentação interativa abaixo explica de forma didática como funciona uma estrutura de pastas no Windows.

1.1.Apresentação Interativa

Necessário Flashplayer instalado para visualizar a apresentação (caso não consiga visualizar no smartphone, acesse a página num PC com Internet Explorer ou Google Chrome).

1.2.Importante

Este artigo mostra os primeiros passos para criar e manter um sistema de arquivos e pastas.

Portanto, não adianta decorar! É necessário que você entenda os processos para conseguir encontrar a melhor maneira de operar o seu Windows Explorer.
Inicialmente, você aprenderá uma forma que deverá funcionar em todas as versões.

Obs.: se você não tem certeza se sabe o que é um arquivo, que o nome de um arquivo tem pré-nome e extensão, recomendamos que você estude o seguinte tutorial, antes de prosseguir: Arquivos e Extensões

2.0.Como Criar uma Pasta no Windows

Crie, na Área de Trabalho do Windows, uma pasta chamada CiaByte para guardar os documentos relativos aos cursos e exercícios da CiaByte.
Atenção! Alunos CiaByte devem criar suas estruturas de pastas rigorosamente como solicitado para a perfeita instalação dos cursos interativos.

2.1.Abrindo o Menu de Contexto

Pastas no Windows Explorer

Menu de Contexto é um menu local que mostra opções relacionadas ao que você precisa fazer no momento. É como se o Windows pudesse advinhar o que você está procurando fazer, ao clicar ali.

EXERCÍCIO: Clique com o botão direito do mouse num espaço livre (que não seja sobre um ícone) da Área de Trabalho do Windows. Surgirá um menu de opções, como na figura.

  1. Selecione Novo
  2. no submenu, selecione Pasta

2.2.Dando um Nome à Pasta e/ou Renomeando a Pasta

Nova Pasta no Windows Explorer

Surgirá um ícone de uma pasta com um campo escrito Nova pasta, pronto para você editar.

EXERCÍCIO:
Digite CiaByte, no lugar de Nova Pasta.

Obs.: caso não consiga editar o campo que contém Nova Pasta, clique sobre o ícone com o botão direito do mouse e escolha Renomear, no menu de contexto.

2.3.Conteúdo da Pasta no Windows Explorer

Visualizando o Conteúdo da Pasta no Windows Explorer

EXERCÍCIO:
Dê um clique duplo na sua nova pasta (com o botão esquerdo). O Windows carregará um aplicativo chamado Windows Explorer, que é o responsável pelo gerenciamento dos arquivos e pastas no Windows.

Observe, apontado pela seta da esquerda, o nome da pasta que você criou e pela seta da direita, o espaço onde ficará armazenado o conteúdo dessa pasta, ora vazia. Nela você poderá guardar vários arquivos e também criar subpastas.

2.4.Como Criar Subpastas no Windows Explorer

Criar subpastas no Windows Explorer

Subpastas são pastas guardadas dentro de outras pastas.

EXERCÍCIO:
Clique com o botão direito do mouse no espaço em branco, nas proximidades do texto "Esta pasta está vazia".

Surgirá o mesmo menu de opções do item 1.1.

Selecione Novo e, no submenu, Pasta, como na figura ao lado.

2.5.Assista a uma demonstração

2.6.Dando Nome às Subpastas

Criar pastas aninhadas no Windows Explorer

EXERCÍCIO:
Proceda conforme a simulação (2.5). Faça isso duas vezes, criando as subpastas com os nomes Filmes e Musicas.

O resultado dessas operações, é que você criou um sistema de pastas dentro da Área de Trabalho do Windows. Na pasta CiaByte você poderá guardar tudo que for proveniente da CiaByte. E de modo organizado, ou seja, os arquivos ficarão separados em pastas específicas: na pasta Filmes se for um filme e na pasta Musicas se for um arquivo de música.

3.0.Gerenciando Pastas e Arquivos no Windows Explorer

Explorador de Arquivos ou Windows Explorer

O Windows Explorer (ou Explorador de Arquivos na versão brasileira) é um aplicativo que serve para manipular arquivos e pastas no Windows. Significa que através dele você poderá:

  • visualizar arquivos e pastas;
  • copiar arquivos e pastas;
  • renomear arquivos e pastas;
  • excluir arquivos e pastas;
  • e executar outras atividades de gerenciamento de arquivos e pastas.

3.1.Abrindo uma ou mais Instâncias do Windows Explorer

Tecla Windows + E para abrir o Explorador de Arquivos

Você pode abrir uma ou mais instâncias do Explorador de Arquivos, teclando a letra E enquanto mantém a tecla Windows (aquela com o logotipo do Windows, entre o Ctrl e o Alt) pressionada.

EXERCÍCIO: Experimente agora, teclar [Windows] + [E] e observe que será aberta uma janela do Windows Explorer (Explorador de Arquivos).

Você pode abrir mais de uma janela do mesmo aplicativo. Isso poderá ser útil, por exemplo, para mover arquivos de uma pasta para outra (você fará isso arrastando o nome do arquivo).

EXERCÍCIO:
Antes de prosseguir, abra outra instância do mesmo aplicativo, teclando novamente [Windows] + [E]. Em seguida, feche as duas janelas.

3.2.Estude o seu Windows Explorer

Dos aplicativos do Windows, o Windows Explorer talvez seja o que mais sofre alterações visuais a cada nova versão do Windows. Por esse motivo, é muito importante que você invista algum tempo para compreender as funções do aplicativo (as principais são sempre as mesmas, em todas as versões).

Observe a janela exemplo do Windows Explorer. Os diversos comandos (botões) ficam numa área que denominamos faixa de opções. Além disso, a janela apresenta diversas guias (cada qual com a sua própria faixa de opções). Faixa de Opções e Guias no Windows Explorer

EXERCÍCIO:
Abra uma instância do Windows Explorer teclando [Windows] + [E] e, por ora, clique apenas nas guias, sempre observando:
a) como muda a faixa de opções para cada guia;
b) cada um dos botões disponíveis.
Obs.: ao apontar (não clicar) para um botão, aparecerá um texto de ajuda (como no caso do botão Copiar, na imagem acima). Faça isso para conhecer cada um dos botões.